Artigos Polemicos

Artigos Polemicos

Introdução

Os artigos seguintes tentam demonstrar que Jesus não existiu!!!
E fazem-no de uma forma bastante estruturada, bastante racional e têm, de uma forma geral, muita investigação séria por trás. Assim, defendo que todo o Espírita deve conhecer estes argumentos para nos incentivar a encontrar  e ter a resposta a eles, quando somos confrontados com este tipo de argumentos.
Temos que responder também com estudos racionais e igualmente bem estruturados e sérios. E acredita que não é fácil devido aos inúmeros erros cometidos ao longo dos séculos pelas várias correntes cristãs (nomeadamente a Igreja Católica), que agora temos de corrigir e desmontar.


Jesus é Histórico




Jesus Não Existiu_resumo




Jesus Nunca Existiu




Jesus o Silêncio da Historia




Kardec Não Era Racista




Kardec Não Era Preconceituoso




Jesus -Mitra




Polémicas do Cristianismo - Livro Carlos Rodrigues

http://www.scribd.com/full/46865091?access_key=key-1io2bsfwhuxgj3mgz8m1




 

ESPIRITISMO DE COLARINHO BRANCO

 

   A minha postura na vida espirita, é de procurar ser imparcial , e tudo que faço, sabendo claro, que erro e me posso equivocar são usar duma postura ética, orientada pela lealdade, simplicidade e verdade, mesmo que possa tocar assuntos que polêmicos, eles devem ter em conta, que não fazer anátema ao próximo, mas uma analise no sentido construtivo, porque  vejo em todas as situações opções de respeito e entendimento pelas opiniões dos contrários, nesse sentido a critica é sempre para crescer e aprender e não para apontar.poderei não ser entendido, mas esta é a minha opinião e penso que reflectida deve ter-se em conta que não viso substituir a Lei, mas apenas aprender com ela.   

     Se  formos à Obra” O Espiritismo na sua mais simples expressão “,Allan Kardec afirma:

     O objetivo essencial do Espiritismo é melhorar os homens, no que concerne ao seu progresso moral e intelectual.

    “O verdadeiro espírita não é o que crê nas comunicações, mas o que procura aproveitar os ensinamentos dos Espíritos. De nada adianta crer, se sua crença não o faz dar sequer um passo na senda do progresso, e não o torna melhor para o próximo”.

     Reforçando em  “O Que é o Espiritismo”, Kardec afirma;

     "O Espiritismo, como doutrina moral, só impõe uma coisa: a necessidade de fazer o bem e evitar o mal. É uma ciência de observação que, repito, tem consequências morais. que são a confirmação e a prova dos grandes princípios da religião; quanto às questões secundárias, ele as abandona à consciência de cada um”.

     “O Espiritismo não descobriu nem projetou os Espíritos, como não descobriu o mundo espiritual, no qual se acreditou em todos os tempos; todavia, ele o prova por fatos materiais e o apresenta em sua verdadeira luz, desembarançando-o dos preconceitos e idéias supersticiosas, filhos da dúvida e da incredulidade”.

      “Se o Espiritismo, conforme foi anunciado, tem que determinar a transformação da Humanidade, claro é que esse efeito ele só poderá produzir melhorando as massas, o que se verificará gradualmente, pouco a pouco, em consequência do aperfeiçoamento dos indivíduos. Que importa crer na existência dos Espíritos, se essa crença não faz que aquele que a tem se torne melhor, mais benigno e indulgente para com os seus semelhantes, mais humilde e paciente na adversidade? De que serve ao avarento ser espírita, se continua avarento; ao orgulhoso, se se conserva cheio de si; ao invejoso, se permanece dominado pela inveja? Assim, poderiam todos os homens acreditar nas manifestações dos Espíritos e a Humanidade ficar estacionária.(...)" - (Allan Kardec - O Livro dos Médiuns) .

     Todos estes princípios e opções demonstram a grandeza que o espiritismo nos oferece, porém questiono, se é isso que se faz , na pratica da Doutrina e sua divulgação ,quer nos centros espiritas e se é também  essa a postura dos ditos expoentes da doutrina, idolatrados e embandeirados por toda a comunidade espirita mundial!?

      Primeiro,será que o Espiritismo está a ser bem tratado?!Será que a mensagem dentro dos centros é orientar, consolar e esclarecer?!Será que nesses espaços se respeita a opinião dos contrários?! Será que é tida em conta e refletida de forma imparcial!? Pois bem , meus irmãos, tenho feito algumas palestras por vários centros espiritas, e todos tem uma postura diferente daquela que se defende, como paralelo da doutrina, até mesmo a orientação mais parece uma ditadura, do que um espaço de partilha de amor e consolo. Claro que sabemos estar perante um fenômeno , que é igual em todo lado, chegando ao ponto de haver disputa entre as capacidades de cada um, o que a ser assim, é um convite à estagnação. Algo que também me deixa a pensar, é a forma como os périplos de renome procuram chegar às miríades, nas suas apresentações orientadoras, onde a voz de espíritos desencarnados deixam mensagens, extasiantes e proselicas, mas que a maioria, não lhes percebe o conteúdo, e se deixa  embalar pelo colarinho branco,bate as suas palmas, e dizem!” Que linda mensagem, maravilhosa, levou-me às nuvens, foi o espirito de fulano, é um irmão superior, que ditou, ele é um grande médium!?” Ora, será disto que precisa o observador,o aprendiz, o sofredor? Porque se complica a mensagem!? Outra situação que nos deve deixar alerta?! Será que os seus guias não dão orientação da plateia que ali está? Qual o seu grau de necessidade? Será que quem partilha a Doutrina ao som de mensagens extasiantes,não tem uma visão disso?!

não percebe quem o envolve naquela Assembleia? O que eles precisam é esclarecimento, orientação e consolo , e ver a doutrina com lucidez , para terem respostas para as duvidas que os amofina na alma.

       As palavras caiem no vazio, se delas não se apadrinhar a pratica, isto no sentido de evolução moral e espiritual.

       Se juntarmos a isso o preconceito de dizer ser espirita, de se assumir como tal,de ir a um centro espirita fora da cidade, para que não se aponte, questiono-me se já não está em perda a própria ajuda, porque se renegamos a filosofia, e lá vamos apenas com o intuito de receber ajuda , sem sequer pensarmos que se tem que mudar , porque toda a cura parte do próprio necessitado, será também, mais um engano para eles e que é necessário fazer entender, nas palestras doutrinárias.

    Cada um depende de si mesmo, sem isso de nada fazer muitas rezas, porque só nos estamos enganar a nós próprios. O livre-arbitrio é que vai fazer prevalecer , juntamente com o merecimento essa ajuda, mas desenganem-se aqueles que pensam podermos , ir contra a lei, porque todos somos provados para que , em resposta à fragilidade passemos à ação e não ficarmos na inércia. O s bons espíritos, dão-nos a cana e nós temos que ir pescar.

    O colarinho branco está presente também naqueles que participam das reuniões de doutrinação, , e que se fazem mostrar, nos esclarecimentos, como doutrinadores de fina água, quando na realidade, os que mais são doutrinados são eles, senão vejamos;

  “Variados agrupamentos de servidores do plano_espiritual, estão dedicados exclusivamente à doutrinação em ambiente dos encarnados. As atividades de regeneração estão repletas de institutos consagrados à caridade_fraternal, no setor de iluminação dos transviados. Os postos de socorro e as organizações de emergência, nos diversos departamentos das esferas de ação, no plano_espiritual, contam com avançados núcleos de serviço da mesma ordem. Em determinados casos, porém, a cooperação do magnetismo_humano pode influir mais intensamente, em benefício dos necessitados que se encontrem cativos das zonas_de_sensação, na Crosta_do_Mundo. Mesmo aí, contudo, a colaboração dos amigos terrenos, embora seja apreciável, não constitui fator absoluto e imprescindível; mas, quando é possível e útil, valemo-nos do concurso de médiuns e doutrinadores_humanos, não só para facilitar a solução desejada, senão também para proporcionar ensinamentos vivos aos companheiros envolvidos na carne, despertando-lhes o coração para a espiritualidade.

  • Ajudando as entidades em desequilíbrio, ajudarão a si mesmos;
  • doutrinando, acabarão igualmente doutrinados.

[16a página 259, livro,MISSIONÁRIOS DA LUZ ] -” André Luiz

 

  É importante refletirmos, nestas palavras ;“A boca fala daquilo que o coração está cheio”, disse-nos Jesus (Mt. 15,18).

 

     Certíssimo e de que está cheio nosso coração?

    A resposta, vesse analisando a nossa forma de nos comunicar. No caminho da evolução é imprescindível passarmos pela esquina do autoconhecimento. Se existe tanta morosidade em nossa caminhada, é por conta de nossa falta de reflexão existencial.

      Santo Agostinho, o bispo argeliano, em seu tempo já refletia sobre este problema: "os homens se vão a contemplar os topos das montanhas, as vastas ondas do mar, as amplas correntes dos rios, a imensidão do oceano, o curso dos astros, e não pensam em si mesmos". (AGOSTINHO, 1955.

    Quando Jesus passou no nosso meio, trouxe consigo uma enorme ferramenta de ensino: a simplicidade. Não poderia achar-se de outra forma. A seu estágio de Espírito puro,só poderia optar pela simplicidade desde a infância. Não nasceu entre os poderosos, não procurou títulos terrenos. Não pediu aplausos, nem cobrou gratidão e reconhecimento. Falava de forma serena, por vezes enérgico, franco, mas não menos caridoso ou desinibido. Mesmo usando de linguagem muitas vezes simbólica, Jesus não prescindiu da simplicidade nos atos e nas palavras. Consciente das inúmeras controvérsias que adviriam da letra humana, e compreendendo que a humanidade levaria séculos para assimilar a verdade de seus ensinamentos, o Mestre transmitiu a sabedoria divina de forma simples, e hoje vemos ainda bem a formula da essência moral da sua mensagem evangélica, prevalecendo intacta.

   "Que ouçam os que têm ouvidos para ouvir”, disse o Mestre. O Espiritismo é a chave que abre novos e vastos horizontes, fazendo luz nas sombras, falando ao coração e à razão. Seu tempo marcou o retorno à simplicidade e à pureza do Cristianismo primitivo, por isso vamos colocá-lo em pratica, na mais sublime simplicidade e com verdade.

     Termino com esta passagem do texto Piedade do livro Evangelho segundo o Espiritismo de Allan kardec:

       “  O sentimento mais apropriado a fazer que progridais, domando em vós o egoísmo e o orgulho, aquele que dispõe vossa alma à humildade, à beneficência e ao amor do próximo, é a piedade! piedade que vos comove até às entranhas à vista dos sofrimentos de vossos irmãos, que vos impele a lhes estender a mão para socorrê-los e vos arranca lágrimas de simpatia. Nunca, portanto, abafeis nos vossos corações essas emoções celestes; não procedais como esses egoístas endurecidos que se afastam dos aflitos, porque o espetáculo de suas misérias lhes perturbaria por instantes a existência álacre. Temei conservar-vos indiferentes, quando puderdes ser úteis. A tranquilidade comprada à custa de uma indiferença culposa é a tranquilidade do mar Morto, no fundo de cujas águas se escondem a vasa fétida e a corrupção.(O Evangelho segundo o Espiritismo, cap. XIII, item 17.)

     Sejamos simples, no transporte das palavras e da ação e chegaremos a falanges  de irmãos que tanto carecem de entendimento, não podemos dizer que uma flor está morta até ela cair, sejamos então a voz da confiança, do amor e da responsabilidade, disciplinando a mente e os atos., deslacemos os colarinhos e mostremos simplicidade.

Muita paz

 

Victor Passos

 

Referências bibliográficas:

PIRES, J. H. Curso Dinâmico de Espiritismo. O Grande Desconhecido. Ed.: Paideia, São Paulo, SP, 2000, cap. IV;

Kardec, Allan. O Evangelho segundo o Espiritismo: Ed.: IDE, Araras, SP, 2010, cap. VI;

VIEIRA, W. Conduta Espírita. Ed.: FEB, Rio de Janeiro, RJ, 2009, p. 63;

XAVIER, F. C./EMMANUEL. A Terra e o Semeador. Entrevistas. Ed.: IDE, Araras, SP, 2005, p.76;

O Evangelho segundo o Espiritismo, cap. XIII, item 17.

Xavier,F.C./ Missionários de Luz

Estudo Sistematizado Doutrina Espirita

Allan Kardec,Livro dos Espiritos

Allan Kardec, Livro dos Mediuns

________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________